Skip to content

RODOANEL NORTE À VISTA!

maio 6, 2015

A 9 km do centro, do alto da rua Felisberto Freire, Cachoeirinha, já se pode observar as torres da obra do Rodoanel Norte, no pé da serra da Cantareira. É uma amostra clara do impacto causado por essa mega-obra, que vai colocar oito faixas de trânsito e caminhões passando na área de amortecimento ambiental da cidade. Caminhões, barulho, cimento, fumaça, onde antes só havia a mata do Parque Estadual da Cantareira.

As pistas estarão totalmente visível da Cachoeirinha...

As pistas estarão totalmente visível da Cachoeirinha…

Muitos defendem essa obra, dizendo que ela é necessária para retirar a passagem de carga do centro da cidade. Por essa visão estreita, sim, essas pessoas têm razão. Mas o planeta, as cidades, não podem mais ter visão estreita. Visões estreitas do passado nos conduziram para esse beco-sem-saída. Os caminhões de passagem têm que ser retirados dos centros através do uso de ferrovias para o transporte de produtos. O Ferroanel é uma proposta sempre citada. Isso é possível ser feito, trazendo benefício para a metrópole. Mas pede um planejamento especial e uma visão muito ampla do problema. Fere interesses, porque os governantes têm compromisso com o curto prazo, com as soluções fáceis, com as empreiteiras e seus usos gigantescos de CONCRETO. Toda obra no Brasil avança bem até a instalação do CONCRETO (vide metrôs e monotrilhos), depois é a lentidão que impera.

E mais: mesmo para as cargas, o trecho Norte é o MENOS NECESSÁRIO de todos os trechos do Rodoanel. Basta olhar o mapa para ver que o Rodoanel Norte liga a Anhanguera com a Fernão Dias. E essa ligação, menos necessária do que todas as outras, poderia e deveria ser feita com uma reestruturação da Rodovia Dom Pedro e entorno.

Os custos ambientais precisam ser avaliados com cada vez mais rigor! Atacar a Serra da Cantareira dessa forma tem um custo elevadíssimo! 7 bilhões é só o custo da obra! E o custo ambiental, tem ideia de quanto é? Você está feliz com a qualidade de vida que nós, humanos, estamos gerando? Pois continuamos insistindo nesse modelo INSUSTENTÁVEL, deixando um mundo pior para nossos filhos e netos.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: