Skip to content

JULHO DE 2014: 16 MESES DEPOIS… (II)

julho 20, 2014

Na divisa dos distritos Jaraguá e Brasilândia as máquinas não param, e as rochas que surgem com as escavações precisam ser retiradas, muitas delas através de explosões.

Imagem eloquente da devastação.

Imagem eloquente da devastação.


Como vão ficar as inúmeras nascentes seccionadas por essa obra, só o tempo vai dizer. Quando precisaríamos de córregos para fornecer água para a cidade junto à serra… teremos concreto, fumaça, ruído, veículos de todo tipo.
Córrego seccionado. Ao fundo casas já desocupadas.

Córrego seccionado. Ao fundo casas já desocupadas.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: