Skip to content

MORADORES SOFREM COM A OBRA

abril 28, 2014

Leia AQUI matéria da Folha de S. Paulo relatando o sofrimento da população no entorno da obra do Rodoanel Norte. E deve ser um pesadelo mesmo: escutar explosões, viver envolto em poeira e ruídos, ver as ruas detonadas pela passagem de caminhões pesados… Lembra até um conto de João Antônio, narrando o sofrimento da população de uma cidade que vê uma obra misteriosa crescer… Só que aqui é diferente: essa obra foi anunciada, e houve resistência… Mas quem consegue parar uma obra de R$ 6.500.000.000,00?

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. maikel ismail freytag permalink
    maio 3, 2014 4:50 pm

    acho que é um mal necessário…
    mas tenho certeza de que grande parte desse dinheiro esta nos bolsos de muitos corruptos… também acho que essa obra já deveria ter sido entregue a muito tempo

    e uma pena que os responsáveis pelas obras no brasil primeiro se preocupam com o quanto vão lucrar com a obra e por quanto tempo vão usufruir de ganho. e não estão nem aí pra população.

  2. Francisco Roberto C. E. Santo permalink
    junho 23, 2014 4:22 pm

    Revista Fapesp (on line) Assista o vídeo: “São Paulo, a cidade dos rios invisíveis”

    “Quando tempestades caem sobre a cidade de São Paulo, rios e córregos voltam a ser vistos e lembrados, pois empurram para as ruas o excesso de água que não conseguem mais transportar. No vídeo “São Paulo, a cidade dos rios invisíveis” produzido pela equipe de Pesquisa FAPESP especialistas explicam por que a maioria dos cursos d’água da metrópole foram enterrados e comprimidos em túneis de concreto sob ruas e avenidas, e as consequências dessa falta de planejamento.”…
    “As referências aos rios e córregos estão por toda parte até nos nomes de bairros: Água Funda, Água Rasa, Vila Nova Cachoerinha, Rio Pequeno. “Se você abrir um guia de ruas de São Paulo, você vai ver um monte de referência a água que que está naquele lugar, ou que esteve visível naquele local”, conta Luiz Campos Júnior, co-criador da iniciativa Rios e Ruas. “A gente construiu num lugar inadequado.”
    Assim é o rodoanel na Cantareira: mais rios invisíveis…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: