Skip to content

SECRETÁRIO DO VERDE TOMA PÉ DO RODOANEL NORTE

janeiro 24, 2013
O secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Ricardo Teixeira, participou de reunião com ambientalistas e lideranças comunitárias no gabinete do vereador José Américo, para conversar sobre o Rodoanel trecho Norte, na tarde de 22/01/13.    Teixeira afirmou estar há apenas 22 dias à frente da SVMA, e até agora nada chegou a ele sobre  essa obra.  Ele confessou ter muito poucos elementos, então aproveitaria a reunião para tomar pé da situação.
 
Foi apresentada ao secretário uma série de argumentos contrários à continuidade da obra, com destaque para o fato dela ferir as ordenações do Plano Diretor da Cidade, pois invade áreas protegidas, dentro da Macrozona de Proteção Ambiental, além de passar por diversos parques municipais em formação, os “parques de borda”, que inclusive já constam da 3ª edição do Guia de Parques da Cidade, editado pela própria SVMA há um mês.
 
Secretário Ricardo Teixeira vê mapa da Cantareira.  Ao lado o vereador José Américo e o membro do grupo de trabalho Mario Santos,  (Foto: Danilo Rocha)

Secretário Ricardo Teixeira vê mapa da Cantareira. Ao lado o vereador José Américo e o membro do grupo de trabalho Mario Santos. (Foto: Danilo Rocha)

 
Ricardo Teixeira, que foi diretor do DERSA até 2001, ficou sabendo das duas ações civis públicas em curso sobre a obra, e recebeu cópias do contra-RIMA (estudo feito pelos técnicos que se contrapõe ao EIA-RIMA oficial), do plano de manejo do Parque Estadual da Cantareira e, em especial o parecer técnico de funcionários da SVMA, que colocaram sérios óbices contra a obra, porém foi desconsiderado pelo então secretário Eduardo Jorge, que autorizou a obra junto ao CONSEMA.
 
Assim segue o trabalho de esclarecimento a respeito dessa obra na contramão da história da sustentabilidade, a um custo de R$ 6,1 bilhões.  
 
 
 
 
Anúncios
7 Comentários leave one →
  1. LILIAN VAN ENCK permalink
    janeiro 24, 2013 1:59 pm

    É sempre a mesma desculpa: “nada chegou até mim…” e precisa?! quem se interessa, vai atrás! se é que é verdade que nada chegou até ele …, o que eu duvido…

    • Cristina Greco permalink
      janeiro 31, 2013 9:55 pm

      Infelizmente, um movimento das comunidades que estava caminhando no rumo certo,foi desviado de seu rumo por interesses políticos e particulares.

  2. janeiro 26, 2013 5:49 pm

    Desenvolvimento já….!!! Abaixo os ECOCHATOS…!!! Deixem o Brasil crescer, trabalhar, desenvolver-se…!!!

  3. Francisco Roberto C. E. Santo permalink
    janeiro 27, 2013 3:39 pm

    ” A era da procrastinação, das meias medidas, dos expedientes que acalmam e confundem, a era dos adiamentos esta chegando ao fim. No seu lugar, estamos entrando na era das conseqüências”
    (Winston Churchill, 1936).
    Existem muitas outras formas de desenvolvimento e melhores que o rodoanel.

  4. Ani@hotmail.com permalink
    janeiro 29, 2013 10:15 pm

    Deixem a cantareira em paz! O mundo está regredindo! Acabando com o pouco que o país tem preservado. Futuramente implorarão por areas como essas. Esse Rodoanel ira acabar com a Fauna e a Flora e não adianta dizer que serão preservados, como!? com os animais em cativeiros?

    • Cristina Greco permalink
      janeiro 31, 2013 10:06 pm

      Pedro, procure se informar mais sobre esta obra. Muitos não são contra o empreendimento, mas sim, contra o atual traçado que poderia ser desviado para outra área a ser afetada em escala bem menor tanto ambientalmente quanto urbanísticamente. Procure saber sobre as inúmeras famílias que serão desapropriadas e que nem sabem onde irão morar. Progresso é bom, todos precisamos e gostamos, mas não às custas do verde da Serra da Cantareira tão necessário a um padrão de desenvolvimento que não agrida justamente o que se busca como resultado do trabalho e do crescimento, ou seja, o bem estar e o equilíbrio de vida entre o ser humano e o meio em que ele vive.

    • Cristina Greco permalink
      janeiro 31, 2013 10:11 pm

      Ani, os animais dificilmente irão para cativeiro. A prática, neste casos, é fazer o afugentamento da fauna (há até licitação para contratar empresas especializadas nisso), não prevalecendo o interesse pelo fim que os animais terão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: