Skip to content

SECRETÁRIO FEDERAL DO MEIO AMBIENTE URBANO RECEBE O CONTRA-RIMA.

dezembro 6, 2011

Nabil Bonduki, secretário de Meio Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente (MMA),  recebeu uma comissão da sociedade civil organizada contra o traçado do trecho Norte do Rodoanel. A reunião foi marcada pelo vereador José Américo e aconteceu na manhã de 05/12/11 em sala da Câmara Municipal de São Paulo. Na pauta da discussão a questão do licenciamento apressado feito pelo IBAMA, que não aprofundou os estudos necessários por conta do prazo dado pelo DERSA ser insuficiente para análise, e que deveria ter solicitado mais prazo, porém deu sua aprovação com texto ambíguo.

Secretário Bonduki conhece o Contra-Rima da obra.

 Também foi colocada a questão do projeto colidir com o Plano Diretor da Cidade, e que para a obra acontecer deveria haver uma mudança do mesmo. Estiveram presentes representantes do bairro V. Rica, Jd. Flamingo, Jd. Itatinga e Jd. Peri. As falhas do licenciamento dado pelo CONSEMA são muitas. Além das questões colocadas acima, ficam pendentes o parecer de técnicos da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, que considerou insuficientes os estudos do EIA RIMA, e mesmo assim o secretário Eduardo Jorge deu parecer favorável. Os pareceres da Reserva da Biosfera e do Parque Estadual da Cantareira, contrários a obra. A boca de túnel dentro do perímetro do Parque Estadual da Cantareira.  O soterramento de nascentes sendo uma a do Guaraú, dentro do Parque. A proposição de apenas um único traçado sem apresentar estudos sobre qualquer outro. A mitigação dos 93 hectares de supressão de mata original que será feita e não há um plano para ampliar o verde da região e o risco aos parques da Borda da Serra, propostos pela prefeitura.  
 
A conversa com o secretário do Meio Ambiente Urbano do MMA visou que o Governo Federal dê a atenção que a cidade de São Paulo merece para essa questão. R$ 6 bilhões em metrô e ciclovias, R$ 1 bilhão em uma ferrovia até o litoral, são soluções que segundo o engenheiro Mário Santos, presente na reunião, podem resolver boa parte da questão viária de São Paulo.

A reunião foi na Câmara Municipal, a casa do povo paulistano.

 
“Sem utopia não existe urbanismo”, escreveu o arquiteto urbanista Nabil Bonduki em texto recente.  A utopia de uma melhor qualidade de vida para a metrópole passa pelo Rodoanel furando e ameaçando a Serra da Cantareira, maior floresta urbana do mundo? 
Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: